• Notícias
  • Devotos fazem homenagens aos entes queridos durante a Alvorada no Cemitério

    14.05.18 - 12:33 | Notícias

    20180514_052106

    O Cemitério São Salvador, na Vila Oliveira, em Mogi das Cruzes, foi o destino para milhares de devotos que participaram na manhã desta segunda-feira do terceiro dia da Alvorada da Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes. Um rito que se repete tradicionalmente a fim de homenagear festeiros, capitães de mastro, voluntários e devotos que participaram em algum período da vida deles da Festa do Divino. Nesta terça-feira, a Alvorada passará em frente à Santa Casa de Misericórdia para um momento de oração pelos enfermos. A concentração dos fiéis é em frente ao Império, instalado na Praça Coronel Benedito de Almeida, no Centro. A procissão começa às 5 horas.

    A ida até o cemitério durante a Alvorada tem um motivo especial. “É uma oportunidade de perceber a nossa história, que culmina com a nossa entrada no Reino dos Céus. Quando nós nos dirigimos até lá e rezamos pelos devotos já falecidos, nós reavivamos a certeza de que a eternidade é nosso lugar. Além disso, alimentamos a tradição que só existe hoje por causa de todos os devotos que, no passado, se esforçaram para que ela estivesse do jeito que está. No futuro, os novos devotos também vão viver a festa por causa do nosso esforço, e a ida ao cemitério é ter esse reconhecimento”, explica o padre Diogo Shishito, assessor eclesiástico da Festa do Divino.

     

    Balanço

    Nesta segunda-feira, quando se completam cinco dias do início da Festa do Divino, em uma contagem a partir de quinta-feira (10/5), os festeiros Wilamis Roberto Chaudar Santana e Sandra Alves de Siqueira Chaudar Santana e os capitães de mastro Mauro de Assis Margarido, o Maurinho, e Cícera Alecxandra Oliveira Margarido fazem um balanço positivo de todas as ações que ocorrem na festividade religiosa e folclórica. “Graças a Deus, tudo está correndo bem, embora tenhamos tido alguns contratempos, mas solucionados a tempo. As missas da novena estão maravilhosas, e ver essa devoção dos devotos é muito importante para nós. As Alvoradas estão lotadas, então isso é bem gratificante e emocionante. Tudo isso nos fortalece cada vez mais. Todos os dias temos de buscar forças para poder continuar, porque o inimigo sempre está ali ‘cutucando’ para desistirmos, mas não desistimos pela nossa fé”, diz a festeira Sandra.

    A capitã de mastro Alecxandra, por sua vez, está impressionada com a devoção do fiel pelo Espírito Santo e diz que o cansaço ainda não a atingiu, embora os compromissos diários sejam muitos: “Se existir cansaço físico, e eu não estou cansada ainda, mas nós vemos esse povo todo, às 5 horas da manhã, com toda essa devoção, não podemos reclamar de nada. É muita fé, cada um vem aqui e coloca o seu pedido. Fora os voluntários que colocam os seus dons à disposição. Os frutos estão sendo colhidos. Há muita espiritualidade no ar”.

    A Festa do Divino tem como tema “Divino Espírito Santo, iluminai a juventude e concedei-nos vossa paz” e prossegue até o dia 20 de maio.

    20180514_062026

    Texto e fotos: Maria Salas / AlexMar Assessoria de Divulgação 

    Notícia anterior:
    Próxima notícia:

    ^ topo

    Associação Pró-Festa do Divino Espírito Santo
    Av. Francisco Rodrigues Filho, 1232 • CEP 08773-380 • Mogilar • Mogi das Cruzes • SP
    Telefone/Fax: (11) 4790-6835 • contato@festadodivino.org.br

    Fale Conosco | Créditos | Condições de Uso