• Notícias
  • Entrada dos Palmitos prevê público de 55 mil pessoas

    01.06.17 - 17:26 | Notícias

    20160514_092900A Entrada dos Palmitos – simbologia de agradecimento por parte dos moradores do campo às boas colheitas realizadas pela fartura – será neste sábado (03/06), às 9 horas, como parte de um dos eventos mais aguardados da Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes, na véspera do Dia de Pentecostes. A concentração dos participantes está marcada para as 8 horas, em frente à Capela de Santa Cruz, na Rua Dr. Ricardo Vilela, altura do nº 1.200, no Parque Monte Líbano. A organização do evento prevê que 55 mil pessoas assistam ao cortejo nas ruas da Cidade, além dos 2 mil voluntários que atuam na organização do evento ao longo do trajeto, como apoiadores. A coordenação geral da Entrada dos Palmitos é do diretor de Assuntos Culturais e Folclóricos da Associação Pró-Festa do Divino, Antônio Lúcio de Lima. À frente da coordenação dos Carros de Boi está Josemir Ferraz Campos, que conta com o apoio de José Benedito Lemos e Glauco Ricciele, além de outros coordenadores, como Márcia Andere, que faz o trabalho junto às escolas que participam do cortejo, dentre outros setores.

    De acordo com Glauco, a Entrada dos Palmitos é um evento característico de Mogi das Cruzes. “É uma forma de agradecimento ao Espírito Santo pelas boas colheitas e pelos bons frutos colhidos. Também essa festa veio de uma origem portuguesa, onde remete-se as antigas festas que são as maias europeias, também referente às colheitas na Europa. Os portugueses trouxeram essa festa, que já era realizada na Europa para o Brasil, mas só em Mogi é realizado o cortejo”, explica ele. Já o nome, de acordo com ele, é em alusão ao fruto, o palmito, alimento nobre de grande abundância na Mata Atlântica. “Geralmente, o ‘caipira’ o come em conserva. E a folha também lembra a Palmeira, o que recorda a entrada de Jesus em Jerusalém. Os ramos colocados nos postes da Cidade têm esse simbolismo, de coroar a entrada de Jesus, acolhido pelo povo”, diz.

    A participação dos grupos folclóricos também é um atrativo da Entrada dos Palmitos. Neste ano os que vão participar são:

    Congada São Benedito do Conjunto Santo Ângelo, Congada de Santa Efigênia, Moçambique São Benedito / S. B. Jesus/Nossa Senhora do Rosário, Congada Batalhão Nossa Sehora Aparecida, Congada Divino Espírito Santo, Moçambique Capela de Santa Cruz, Congada/Marujada Nossa Senhora do Rosário, Congada/São Benedito Coração de César e Congada Batalhão Nossa Senhora Aparecida. O bandeireiro abre o cortejo.

    Após o fim do cortejo, é servido gratuitamente o “Afogado do Povo”, na Quermesse, no Bairro do Mogilar, no Centro Municipal Integrado “Deputado Maurício Nagib Najar”.

    Percurso

    O trajeto para este ano será mantido em relação a 2016 e as interdições totais das vias do Centro acontecerão a partir das 8 horas. Após descer a rua Doutor Ricardo Vilela e percorrer a rua Doutor Deodato Wertheimer, os participantes entrarão pela rua Doutor Paulo Frontin até chegar à Catedral de Santana. Com isso, o trânsito de veículos pela rua José Bonifácio será mantido, o que não acontecia em anos anteriores.

    Texto: Maria Salas / AlexMar Assessoria de Comunicação 

    Notícia anterior:
    Próxima notícia:

    ^ topo

    Associação Pró-Festa do Divino Espírito Santo
    Av. Francisco Rodrigues Filho, 1232 • CEP 08773-380 • Mogilar • Mogi das Cruzes • SP
    Telefone/Fax: (11) 4790-6835 • contato@festadodivino.org.br

    Fale Conosco | Créditos | Condições de Uso