Shows agitam a Quermesse da Festa do Divino

17.05.18 - 16:56 | Notícias

Arnaldo_Freitas / Foto: Rogério Suriani

A programação de shows gratuitos na Quermesse está bem especial neste fim de semana. Nesta sexta-feira (18/5), o cantor João Vitor Mafra, sucesso do programa The Voice Kids, sobe ao palco com a banda, a partir das 20 horas. Já às 21h30, a atração é Arnaldo Freitas Trio. O compositor e instrumentista de viola caipira, de técnica apurada e interpretação emocionante, é considerado um dos principais violeiros da nova safra da música instrumental brasileira. O instrumentista é influenciado por Tião Carreiro, Bambico e Renato Andrade (da música caipira brasileira) e pelos diferentes universos das cordas de Paco de Lucia, Andrés Segovia, Raphael Rabelo, Dilermando Reis, Juanjo Dominguez e Yamandu Costa. Uma oportunidade para o público desfrutar momentos carregados de técnica e emoção. No repertório, clássicos caipiras, brasileiros e internacionais, além das peças autorais de Arnaldo Freitas.

“A realização deste show é do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura, com apoio da Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA)”, explica o coordenador dos shows da Quermesse e da Divina Rádio, Gérson Barros. E quem comanda o cerimonial de apresentação é José Reinaldo Santos.

No sábado, a partir das 18h30, as atrações prosseguem com o show da Banda Sudarium, banda de rock cristã que tem como o propósito levar a mensagem de Deus por meio da música. Às 19h45 é a vez da Companhia  de Dança Nashville Country se apresentar com a participação especial na coreografia e no show do cantor e compositor Luigi Di Santo Júnior. A noite terá, ainda, o show da dupla Renan & Juliana e Banda.

No domingo (20/5), último dia da Festa do Divino, a programação fica por conta das seguintes apresentações: às 18 horas, a Banda Nossa Senhora de Fátima promete um concerto emocionante. Por volta de 19h30, Douglas Mauro e Banda agita a Quermesse.  

A área da Quermesse é composta de estandes de patrocinadores / expositores; palco; estandes para a comercialização de artigos religiosos; tenda cultural; Divina Rádio, bingo e caixa central, base da Polícia Militar, coordenação e posto de saúde. As barracas de 27 entidades e paróquias, que possuem projetos beneficentes, integram a Quermesse na parte de alimentação e bebida, onde são comercializados os quitutes como o churrasco de linguiça, o churrasco grego, pastel, dentre outros, ou as saborosas frutas do amor que o público tanto gosta, além dos doces e salgados típicos e o afogado e caldos. Além de toda essa estrutura, há duas áreas destinadas para a diversão da criançada no parquinho.

A entrada para a Quermesse é gratuita. O acesso é pela Avenida Cívica. Para quem for de carro, há estacionamento, com valor de R$ 14,00. O local conta também com uma saída de emergência pela Avenida Professor Carlos Ferreira Lopes.

IMG-20180303-WA0014

Texto: Maria Salas / AlexMar Assessoria de Comunicação 

Devotos deixam os seus pedidos no Império do Divino

16.05.18 - 18:11 | Notícias

Divino 1

Um dos locais mais visitados pelos devotos durante a Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes é o Império, que até esta quarta-feira já tinha recebido mais de sete mil pessoas. O local abre às 4h30 e fecha às 23 horas, todos os dias. No ano passado, segundo a coordenadora das rezadeiras, Aparecida Marlene Miguel de Barros, a ‘Cida’,cerca de 20 mil passaram pelo Império. “Isso é o que temos registrado no livro de 2017, mas acredito que seja até mais, porque há muitas pessoas que não o assinam, como crianças não alfabetizadas e idosos”, salienta Cida. Segundo ela, a maioria entra no local para pedir as bênçãos do Espírito Santo ou agradecer graças alcançadas.

No Império, instalado na Praça Coronel Benedito de Almeida, no Centro, todos os dias são realizadas as rezas da Coroa do Divino. Ao todo, são seis rezas: às 7h, 9h, 12h, 15h, 18h e 21h. Para que tudo dê certo, a tarefa é dividida pelo grupo de grupo de rezadeiras e rezadores, algo em torno de 210 pessoas. Na saída, além de assinar o livro de registro de presença, o devoto pode depositar o seu pedido na urna. No último dia da festa, no dia 20, após a Missa de Pentecostes, todos eles serão incinerados.  

O Império é um dos pontos principais da Festa do Divino. O espaço é ponto de partida para que festeiros e capitães de mastro façam as suas orações antes de iniciar a caminhada pelas ruas do centro na Alvorada. É lá também onde são guardadas as Bandeiras de festeiros e capitães de mastro e devotos e as lanternas que iluminam o caminho logo de manhã e à noite, na Passeata das Bandeiras. “É aqui onde iniciamos e terminamos a nossa missão diária. É onde fortalecemos a nossa fé por meio das orações, pela manhã com o bispo diocesano, dom Pedro Luiz Stringhini, e à noite, com o padre Diogo Shishito, que está ao nosso lado todas as noites”, comenta a festeira Sandra Chaudar Santana.

O fechamento do Império, no último dia da Festa do Divino, marca também o fim de mais uma festividade religiosa e folclórica.

A Festa do Divino prossegue até o dia 20 de maio, sob o tema “Divino Espírito Santo, iluminai a juventude e concedei-nos vossa paz”.

 

 

Império do Divino

Plantões

Das 5 às 8 horas

Das 8 às 11 horas

Das 11 às 14 horas

Das 14 às 17 horas

Das 17 às 20 horas

Das 20 às 23 horas

 

Rezas: às 7h, 9h, 12h, 15h, 18h e 21h

Texto e foto: Maria Salas / AlexMar Assessoria de Comunicação 

Bandeiras do Divino percorrem alas e departamentos do Hospital Santana

16.05.18 - 18:07 | Notícias

 

Hospital Santana

Cânticos, orações, a Coroa do Divino e muita emoção. Estes ingredientes de amor e fé marcaram a “Visita das Bandeiras” da Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes, na tarde desta quarta-feira (16/5), ao Hospital Santana, no Alto do Ipiranga, em Mogi. A festeira Sandra Alves de Siqueira Chaudar Santana, a capitã de mastro Cícera Alexcsandra de Oliveira Margarido e o padre Diogo Shishito, assessor eclesiástico da Festa do Divino, representando a festividade religiosa foram recepcionadas pelo gestor executivo da unidade hospitalar, Ruy Sergio Hernandes, por voluntários da Pastoral da Esperança, funcionários e devotos, que percorreram as principais alas do hospital levando um pouco de conforto às pessoas hospitalizadas e seus familiares.

Atuando no Santana há quatro anos, Ruy Hernandes fala da emoção que é poder vivenciar por mais um ano este momento. “Aqui já é uma tradição montarmos o subimpério e é uma honra para a direção do Santana receber os festeiros e capitães de mastro no hospital. Eu sou de São Paulo e, até antes de vir trabalhar aqui, eu não tinha ideia da amplitude da festa. Mas estar aqui é sentir de perto a emoção que ela proporciona às pessoas. As pessoas que aqui estão internados precisam muito desse conforto e esta visita é muito importante para todos eles”, destaca.

O padre Diogo, por sua vez, lembra que o conceito de saúde está muito ligado ao conceito de salvação. Segundo ele, os dois vêm da mesma palavra: “Do latim, salus e salute. Salvação é a saúde da alma e saúde é o bem-estar do corpo. As duas coisas de fato caminham juntas, e sabemos até que há estudos que mostram que a pessoa que tem fé é capaz de enfrentar  a enfermidade com muito mais rigor e até se recuperar”.   

Depois de percorrerem todas as instalações do hospital, os agradecimentos finais da acolhida foram feitos por funcionários do Santana na capela de nome Santana, o mesmo do hospital e o da padroeira de Mogi das Cruzes.

Nesta quinta-feira (17/5), festeiros e capitães de mastro visitam, às 9 horas, a Creche Sant’Ana e em seguida a Casa São Vicente de Paulo. As visitas terminam na sexta-feira (18/5), no Instituto Pró+Vida São Sebastião.

Hospital Santana1

Texto e fotos: Maria Salas / AlexMar Assessoria de Comunicação 

 

Instituto Anna de Moura realiza apresentação especial para receber as Bandeiras do Divino

15.05.18 - 17:58 | Notícias

20180515_151344

A tradicional visita das Bandeiras do Divino às instituições da Cidade mais uma vez foi marcada pela emoção, na tarde desta terça-feira (15/5), no Instituto Anna de Moura, no Jardim Aeroporto III, em Brás Cubas. A entidade preparou uma apresentação especial para louvá-las como faz ano a ano e receber a festeira Sandra Chaudar Santana e Cícera Alecxandra Margarido, na oportunidade, acompanhadas do padre Diogo Shishito, assessor eclesiástico da festividade religiosa e folclórica, uma das maiores do Estado.

O grupo de jovens assistidos pelo Instituto, de 7 a 17 anos, que tem à frente da presidência Elias Tomé da Silva Pires, fez uma encenação de alguns ritos da Festa do Divino, como o rei e a rainha, festeiros e capitães de mastro e até uma mini Entrada dos Palmitos, por meio da qual as pessoas que residem na roça agradecem à boa colheita. Também houve a representação dos Sete Dons do Divino, apresentação de música e dança.

“Não temos palavras para agradecer tanto carinho. E vir aqui, passar uma tarde agradável é maravilhoso, em meio à correria dos compromissos com a Festa do Divino. Estão todos de parabéns”, diz a festeira Sandra. Igualmente emocionada e com lágrimas nos olhos, a capitã de mastro Alecxandra destaca que está mais contente porque sabe que a festa terá continuidade nas mãos desses jovens: “Vocês tem de assumir isso e lutar pela festa para preservamos a nossa cultura e tradição. E não percam a fé. Vocês, crianças, têm ligação direta com Deus, é só pedir que tudo ocorrerá de bom na vida de vocês”, aconselha a capitã de mastro.

O padre Diogo Shishito, que tem acompanhado os festeiros e capitães de mastro nos compromissos oficiais da festividade e ajudado nas tomadas de decisões ressalta que a “tarde foi para recarregar as energias”.

Para o presidente da entidade, Elias Pires, é “uma honra poder oferecer uma tarde diferente para quem tanto faz pela Festa do Divino”: “Eu, assim como os demais diretores, me sinto lisonjeado”.

O Instituto Anna de Moura é voltado para o atendimento de crianças e jovens carentes da região de Brás Cubas. No período contraturno ao da escola, eles participam de atividades educacionais, profissionalizantes e esportivas. Além disso recebem alimentação e orientações religiosas.

A entidade está localizada na Rua Vasco Cinquini, 53, no Jardim Aeroporto III. Os interessados em fazer qualquer tipo de doação é só entrar em contato pelo telefone 4722-7806. “O que é inservível para os outros é servível para nós”, sinaliza o presidente.

“Visita das Bandeiras” prossegue nesta quarta-feira (16/5), com a ida ao Hospital Santana, às 14h30. Na quinta-feira (17/5), festeiros e capitães de mastro visitam, às 9 horas, a Creche Sant’Ana e em seguida a Casa São Vicente de Paulo. As visitas terminam na sexta-feira (18/5), no Instituto Pró+Vida São Sebastião.

Texto e fotos: Maria Salas / AlexMaria Assessoria de Comunicação 

Santa Casa de Mogi recebe a “Visita das Bandeiras”

14.05.18 - 13:14 | Notícias

20180514_143147

“O Espírito Santo nos fortalece para enfrentar as enfermidades. Rezar pelos enfermos, pedindo o Espírito Santo sobre eles é confiar em Deus aquele momento de dificuldade e deixar que o Espírito Santo conduza a vida deles de acordo com a vontade de Deus”. A frase do padre Diogo Shishito, assessor eclesiástico da Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes, expressa bem a importância que a Visita das Bandeiras dos festeiros e capitães de mastro tem a locais como hospitais, por exemplo. A tarde desta segunda-feira (14/5) foi de visita à Santa Casa de Misericórdia de Mogi das Cruzes. Um momento de muita emoção para os enfermos que se encontram hospitalizados nessa unidade.

A festeira Sandra Alves de Siqueira Chaudar Santana, acompanhada do filho, Wilamis Júnior, e a capitã de mastro Cícera Alecxandra Oliveira Margarido, com a filha, Victória, e o padre Shishito, foram recebidos por um grupo de voluntárias da Associação de Voluntários da Santa Casa de Mogi das Cruzes (AVOSC), presidida por Mirian Nogueira do Valle. Eles percorreram os andares do hospital, como UTI Neonatal, o Pronto Atendimento e Pronto Socorro, Ortopedia, Qualidade, Unidade de Terapia Intensiva (UTI), até chegar à capela da Santa Casa. O padre abençoou os pacientes, pedindo pela pronta recuperação das pessoas internadas e pela saúde dos recém-nascidos.

Bem emocionada, chorando, a dona de casa Vanderléia dos Santos, de 40 anos, fez questão de receber a visita da capitã de mastro em seu quarto. Ela aguardava cirurgia para a retirada do útero que seria feita horas mais tarde. “Só peço pela minha saúde e que tudo corra bem”, salienta Vanderléia, mãe de dois filhos.

Em outra ala, no da maternidade, a alagoana Charllynne de Azevedo Carvalho, de 30 anos, moradora da Vila Nova Mogilar, comemorava o nascimento do segundo filho, uma menina, a Maria Luísa. “Ela nasceu bem no Dia das Mães (13/5). Não tem presente mais lindo do que esse?”, questiona Charllyne, mãe de Luís Henrique, de 12 anos.

Nesta terça-feira (15/5), é a vez do Instituto Anna de Moura, no Jardim Aeroporto III, receber a Visita das Bandeiras, às 15 horas. A visita ao Hospital Santana será na quarta-feira (16/5), às 14h30. Na quinta-feira (17/5), festeiros e capitães de mastro visitam, às 9 horas, a Creche Sant’Ana e em seguida a Casa São Vicente de Paulo. As visitas terminam na sexta-feira (18/5), no Instituto Pró+Vida São Sebastião.

 

 

Texto e fotos: Maria Salas / AlexMar Assessoria de Comunicação 

Devotos fazem homenagens aos entes queridos durante a Alvorada no Cemitério

14.05.18 - 12:33 | Notícias

20180514_052106

O Cemitério São Salvador, na Vila Oliveira, em Mogi das Cruzes, foi o destino para milhares de devotos que participaram na manhã desta segunda-feira do terceiro dia da Alvorada da Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes. Um rito que se repete tradicionalmente a fim de homenagear festeiros, capitães de mastro, voluntários e devotos que participaram em algum período da vida deles da Festa do Divino. Nesta terça-feira, a Alvorada passará em frente à Santa Casa de Misericórdia para um momento de oração pelos enfermos. A concentração dos fiéis é em frente ao Império, instalado na Praça Coronel Benedito de Almeida, no Centro. A procissão começa às 5 horas.

A ida até o cemitério durante a Alvorada tem um motivo especial. “É uma oportunidade de perceber a nossa história, que culmina com a nossa entrada no Reino dos Céus. Quando nós nos dirigimos até lá e rezamos pelos devotos já falecidos, nós reavivamos a certeza de que a eternidade é nosso lugar. Além disso, alimentamos a tradição que só existe hoje por causa de todos os devotos que, no passado, se esforçaram para que ela estivesse do jeito que está. No futuro, os novos devotos também vão viver a festa por causa do nosso esforço, e a ida ao cemitério é ter esse reconhecimento”, explica o padre Diogo Shishito, assessor eclesiástico da Festa do Divino.

 

Balanço

Nesta segunda-feira, quando se completam cinco dias do início da Festa do Divino, em uma contagem a partir de quinta-feira (10/5), os festeiros Wilamis Roberto Chaudar Santana e Sandra Alves de Siqueira Chaudar Santana e os capitães de mastro Mauro de Assis Margarido, o Maurinho, e Cícera Alecxandra Oliveira Margarido fazem um balanço positivo de todas as ações que ocorrem na festividade religiosa e folclórica. “Graças a Deus, tudo está correndo bem, embora tenhamos tido alguns contratempos, mas solucionados a tempo. As missas da novena estão maravilhosas, e ver essa devoção dos devotos é muito importante para nós. As Alvoradas estão lotadas, então isso é bem gratificante e emocionante. Tudo isso nos fortalece cada vez mais. Todos os dias temos de buscar forças para poder continuar, porque o inimigo sempre está ali ‘cutucando’ para desistirmos, mas não desistimos pela nossa fé”, diz a festeira Sandra.

A capitã de mastro Alecxandra, por sua vez, está impressionada com a devoção do fiel pelo Espírito Santo e diz que o cansaço ainda não a atingiu, embora os compromissos diários sejam muitos: “Se existir cansaço físico, e eu não estou cansada ainda, mas nós vemos esse povo todo, às 5 horas da manhã, com toda essa devoção, não podemos reclamar de nada. É muita fé, cada um vem aqui e coloca o seu pedido. Fora os voluntários que colocam os seus dons à disposição. Os frutos estão sendo colhidos. Há muita espiritualidade no ar”.

A Festa do Divino tem como tema “Divino Espírito Santo, iluminai a juventude e concedei-nos vossa paz” e prossegue até o dia 20 de maio.

20180514_062026

Texto e fotos: Maria Salas / AlexMar Assessoria de Divulgação 

Crianças se divertem nos Folguedos Infantis

14.05.18 - 11:18 | Notícias

20180513_150221

Relembrar brincadeiras antigas é uma das características da Tarde dos Folguedos Infantis, que ocorre sempre no primeiro domingo da Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes. E a tradição se repetiu, mais uma vez, com a animação da Trupe Lelé, Lili & Cia, no domingo (13/5), na área da Quermesse, no Centro Municipal Integrado (CMI) “Deputado Maurício Nagib Najar”, no Mogilar. Centenas de crianças se divertiram com a recreação feita pela trupe, ao som da cantora e musicista Tânia Melo. A coordenação do evento é de Akcel de Godoy.

Com mais de trinta anos de experiência no ramo de animação infantil, a Trupe Lelé, Lili & Cia está na Festa do Divino desde 1986. “Durante todos estes anos passamos por diferentes fases e formas da festa. Conheci os Folguedos, na década de 1970. Nessa época, eles ocorriam em frente à Matriz (Catedral de Sant´Ana) e mantinha um formato bem tradicional, com quebra de potes, pau de sebo e caça aos porcos melados. A partir daí, brincadeiras que ofereciam algum tipo de risco ou concepção errada, diante dos novos conceitos, foram eliminadas ou adaptadas, principalmente para garantir a segurança das crianças. Hoje, as brincadeiras são outras, mas a diversão é mesma”, diz a palhaça Lelé, interpretada por Denise Andere, que também chama os pais para participarem das ações.

Depois das brincadeiras, como a prova do saco e a dança das cadeiras, as crianças receberam um kit de guloseimas, refrigerante e ingressos para se divertirem no parque de diversão da Quermesse.

20180513_151218

Texto e fotos: Maria Salas / AlexMar Assessoria de Comunicação

Campanelli monta jardim externo em frente ao Império do Divino

14.05.18 - 11:07 | Notícias

20180511_220314

O jardim foi uma doação da empresa mogiana, que atua há mais de 40 anos pelo Brasil, na implantação e revitalização de gramados esportivos e áreas verdes

A Campanelli Gramados Esportivos e Áreas Verdes é a responsável pela implantação de um jardim na parte externa do Império do Divino, localizado em frente à Catedral de Sant´Ana, em Mogi das Cruzes. O Império é um espaço de muita religiosidade, que recebe milhares de devotos, na tradicional Festa do Divino de Mogi das Cruzes.

 O jardim externo montado pela Campanelli ocupa 12 metros quadrados, é formado por um pequeno canteiro de folhas e flores, com espécies de “Espada de São Jorge”, aspargos, entre outros. O local foi uma doação da empresa mogiana, que atua há mais de 40 anos pelo Brasil, na implantação e revitalização de gramados esportivos e áreas verdes.

Segundo o diretor técnico da empresa, o arquiteto paisagista Miguel Campanelli, o espaço é uma forma de trazer a beleza da natureza e todo o seu significado para a Festa, que é uma das principais celebrações religiosas e culturais da cidade. “Para nós, é uma honra poder participar e colaborar com a Festa do Divino de Mogi, trazendo um pouco do nosso trabalho para esse grandioso evento”.

Campanelli Gramados Esportivos

A Campanelli Gramados Esportivos atua há mais de 40 anos no mercado de implantação de áreas verdes e gramados esportivos. Com sólida experiência na área, zela pela qualidade de seus serviços, investindo em equipamentos de alto desempenho, na utilização de métodos inovadores de trabalho, na importação e comercialização das sementes de inverno, e na capacitação de sua equipe. Ao longo de sua trajetória, prima pelo respeito ao meio ambiente, sua preservação e valorização.

Folguedos Infantis é neste domingo com a Trupe Lelé Lili & Cia

13.05.18 - 12:06 | Notícias

Folguedos 2

Com mais de trinta anos de experiência no ramo de animação infantil, a Trupe Lelé Lili & Cia, tem levado alegria e diversão para toda a região do Alto Tietê, com atividades recreativas, musicais, apresentações circenses e teatro infantil, incluindo a participação na Tarde de Folguedos Infantis da Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes, desde 1986. Neste domingo (13/5), a partir das 15 horas, é dia de diversão para a criançada, na área da Quermesse.

A Trupe Lelé Lili e Cia é formada pela Denise Andere, a Palhaça Lelé, e pela cantora e musicista Tânia Melo, a Lili.

À frente da coordenação dos Folguedos está Akcel de Godoy. Ele diz que podem participar crianças de 5 anos a 13 anos.

O evento tem apoio de funcionários da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, sob o comando do professor Divaci.

Depois que as brincadeiras acabam, as crianças recebem um kit de guloseimas.

Provas:

Corrida do saco

Corrida do ovo

Argolas

Cabo de guerra

Corrida dos bambolês

Dança das cadeiras

Depois da Alvorada, o café

11.05.18 - 15:46 | Notícias

Café

Depois da Alvorada, os devotos do Espírito Santo seguem para o Salão Social da Catedral de Sant´Ana, onde é servido o tradicional café. “A nossa equipe fica de prontidão aguardando pela chegada dos fiéis, saudando-os com muita alegria. Todos aguardam por este momento”, enfatiza o coordenador do Café da Alvorada, José Carlos Nunes Júnior.

Segundo ele, 47 voluntários atuam no setor, que desde a tarde desta sexta-feira cuida para deixar o local arrumado para receber os fiéis. “E a partir deste sábado, eles começam a chegar por volta de 3h30 para preparar e servir o café”, adianta José Carlos, reforçando que, desde 2014, dentro do projeto de sustentabilidade da Festa do Divino, o Divino Verde, o café é servido em copo descartável de isopor. “É para ir direto para a reciclagem. Além disso, economizamos água, pois não precisamos lavar os copos, e é mais higiênico, já que cada devoto recebe o seu copo na fila de entrada, tornando tudo mais ágil, diminuindo o tempo de espera na fila”, revela o coordenador do Café da Alvorada.

 

Quadro

 

O Café da Alvorada

 

– 95 kg pó de café;

– 240 kg de açúcar;

– 15 mil pães;

– 450 kg de mortadela;

– 450 kg de biscoitos

Texto e fotos: Maria Salas / AlexMar Assessoria de Comunicação 

« anterior | próxima »

^ topo

Associação Pró-Festa do Divino Espírito Santo
Av. Francisco Rodrigues Filho, 1232 • CEP 08773-380 • Mogilar • Mogi das Cruzes • SP
Telefone/Fax: (11) 4790-6835 • contato@festadodivino.org.br

Fale Conosco | Créditos | Condições de Uso